Vitalumière Aqua da Chanel: resenha

Achar a base da vida é um marco na vida de toda mulher e eu achei a minha! Uso já faz alguns anos (mais de 5 anos) a Vitalumière Aqua da Chanel e toda vez digo que vou postar e não posto a resenha dela. Dessa vez saiu e tá aqui a prova haha.

 

Tenho a pele mista (mais pra seca) e moro em Belém. Ou seja, muito úmido, muito quente, suamos demais e bases pesadas confesso que não combinam com este clima. A não ser que passe o dia inteiro no ar condicionado. O que não é meu caso.

Além do clima, também tem o fato de base pesada rapidamente craquelar. Mesmo usando hidrante, por eu ter a pele mais seca. E quem gosta de usar algo que incomoda? Eu não suporto.

Vi muitas blogueiras anos atrás indicando a Vitalumière Aqua da Chanel e resolvi investir. Deu tudo certo! Acertei a base e a cor sem comprar pessoalmente e desde então confesso não me adaptar a nenhuma outra.

Só tenho pontos positivos para falar dessa base! A embalagem é maravilhosa porque é de plástico, leve, a tampa é de enroscar (fecha super bem), ou seja, ótima pra colocar na bolsa e levar em viagens. A “boca” dela é perfeita, pois parece muito de embalagem de colírio e só sai o essencial. Nada de desperdício.

 

A base é leve, ou seja, não recomendo para quem tem muitas manchas e queira esconder. Não é mate, mas ela fica como uma segunda pele tão perfeitamente que apenas deixa a pele com viço e não transfere quase nada depois de seca na pele.

Gosto dessa base porque eu não sinto que estou de base e eu não suporto sentir meu rosto repuxado e nem encostar em algo e ver metade da base saindo! Ela tem um sistema que além de ser leve, com pouco produto consegue disfarçar minhas imperfeições e bastante as minhas olheiras. Como minhas olheiras são fortes costumo usar o corretivo Pro Longwear da MAC e só.

 

Ela tem 30 ml, FPS 15 e um cheirinho de perfume gostoso que desaparece logo depois de depositada na pele. Ou seja, não incomoda quem tem problemas com perfumes (eu). A minha cor é a 30 Beige.

Comprei a minha fora do Brasil e custou 50 dólares + taxa. Porém, vende no Brasil no site oficial da marca Chanel e custa R$270.

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM

Review: base Yves Saint Laurent

Essa é a base Teint Singulier da marca Yves Saint Laurent. Essa resenha foi muito gostosa de fazer, pois se tem algo que ando gostando bastante é de base. Acredito que essa seja a base mais cara que tenho e a que tem o efeito mais diferente também.
thah-de-pavulagem-ysl
A embalagem dela fala por si só. Muito fina, chique, feita pra pessoas elegantes. Já começando pela marca: Yves Saint Laurent. Ou seja, pra comprar, ou tu tens muito dinheiro sobrando ou és louca por maquiagem.
Ela tem 40ml somente, então não é uma base que vai render. Como eu só usei em momentos especiais e hoje ela está um pouco escura pra cor da minha pele, tem andado bem de canto.
E então me perguntam: “Thálita, mas então porque tu não usa junto com hidratante ou com outra base mais clara:”. Pois é, não rola. Ela tem um efeito muito diferente das bases que eu tenho, como disse anteriormente. Ao entrar em contato com a pele, ela vira pó e deixa um efeito acetinado. Muito chique, né?

A base é bem concentrada e como na foto dá pra ver que ela vai virando pó. Ela perde todo o brilho que ela tem logo quando é retirada do tubo.

O cheiro dela me agrada. Tem cheiro de vovó. Afinal, a marca é conceituada e não foi feita pra nós jovens.

Essa é a base como fica no rosto! Tira todo o brilho da pele, fica mate de verdade. Se eu precisar passar o dia inteiro na rua, ela aguenta a oleosidade até o fim do dia. Tanto que no dia em que fiz essas fotos tive que passar o dia com ela e aguentou até as 23h quando cheguei em casa.

Gosto bastante dela porque fica ótima em fotos e cobre bem olheira e manchas. A única coisa ruim, além do preço, é que abaixo dos olhos fica um pouco craquelado pelo fato dela ser seca.

Gostaram? Pra quem quiser comprar, tem na Sephora essa é a cor 09.

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

Comentar -
Compartilhar
0

VEJA TAMBÉM