Água Micelar Loreal: resenha

Depois de várias resenhas da Água Micelar da Loreal estava super na expectativa de comprar mesmo com outro removedor de maquiagem em casa. A maioria das pessoas falavam super bem e claro que eu queria experimentar para ver se era tão boa assim.

thah-de-pavulagem-agua-micelar

A primeira vez que usei e coloquei no algodão fiquei espantada em como ela parece água mesmo! E eu imaginei logo: isso não vai tirar a minha make. Para a minha surpresa tira sim!

De acordo com a marca este produto foi desenvolvido especificamente para retirar a maquiagem da pele da brasileira (lembrando que homens também usam maquiagem) e livre de oleosidade. Seu diferencial são as Micelas que são molecas fruto da relação entre a água e os agentes de limpeza.

Ponto super positivo é que pode ser usada nos olhos e também nos lábios! Amo produto multifuncional! Ao todo ela tem 5 funções: limpar, demaquilar, purificar, suavizar e reequilibrar.

Eu adorei o produto porque ele realmente não repuxa a pele depois que demaquilamos, é muito leve ao ponto de não arder a pele, porém não retira a minha máscara de cílios favorita do momento com facilidade. O pior? A máscara que uso é também da Loreal, a Miss Manga.

Por termos tantos vídeos sobre essa máscara falando somente dos pontos positivos resolvi fazer também, mas mostrando o meu ponto negativo. Não que eu queira com isso diminuir a qualidade do produto, mas quem sabe a Loreal possa melhora-lo ainda mais. Afinal, o produto é sim muito bom.

Comprei o meu aqui em Belém no supermercado Formosa pelo preço de R$21,59, mas o produto está um pouco mais caro e está custando R$23,99 por lá. Na internet tá custando em média R$29,90 + frete.

Gostaram? Já usaram este produto? Contem a experiência de vocês nos comentários.

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM

Lugares para jogar Pokémon Go em Belém

Com a chegada do Pokémon Go  no Brasil a preocupação com os assaltos aumentou já que ao contrário de muitos jogos precisamos ir para a rua. Entretanto, tem como jogar e se sentir um pouco mais seguro. Neste post darei dica de lugares para jogar Pokémon Go em Belém.

thah-de-pavulagem-pokemongo

Tentei reunir os lugares com maiores números de pokestops e ginásios. Obviamente Belém tem muito mais espalhado, ok? Serve como dica de passeio também.

thah-de-pavulagem-pokemongo6

– Museu Paraense Emílio Goeldi
Com três Pokestops e muitos Pokémons o Museu com certeza é meu lugar favorito. A entrada custa R$3 e além de poder jogar com tranquilidade e segurança ainda temos a oportunidade de estar em contato com a natureza e bater fotos muito bonitas com e sem Pokémon.

Andou muito e está com sede? Tem lugar para comprar água, refrigerante e salgados dentro e fora do Museu.

Endereço: Av. Magalhães Barata, 376.
Horário de funcionamento: Quarta a Domingo das 9h às 17h. Sendo que abrirá na segunda dia 15/08/2016 das 9h às 17h devido ao feriado estadual Adesão do Pará.

– Parque da Residência
Com quatro Pokestops, um ginásio e bastante Pokémons, o Parque é uma excelente opção. Entrada grátis, policiado, mas sem estacionamento. Além de tudo podemos contar com o famoso bonde da Cairú. Então, andou muito tem onde comprar água e tomar um sorvete delicia.

Endereço: Av. Gov. Magalhães Barata, 830 – Nazaré
Horário de funcionamento: terça a domingo das 9h às 19h inclusive feriados

– Estação das Docas
Com 14 Pokestops e um Ginásio, a Estação é mais um excelente lugar para jogar. A entrada é grátis, mas para quem for de carro o estacionamento custa R$3 a hora.

Outro ponto positivo é que temos vários lugares para comer. Seja tomar sorvete, tomar tacacá ou somente uma água, encontramos por lá.

Endereço: Av Boulevard Castilho s/n Bairro Campina.
Horário de funcionamento: segunda e terça das 10h às 0h; quarta 10h às 1h; quinta, sexta e sábado 10h às 3h e domingo 9h às 0h.

– Centro Arquitetônico de Nazaré (CAN) e Basílica Santuário de Nazaré
É um lugar aberto, porém com policiamento. Duas Pokestops na praça e uma na lateral da Basílica, bastante Pokémon e entrada grátis.

Por perto temos muita variedade de lanches! No próprio CAN tem carrinho de pipoca e algodão doce e próximo temos MC Donalds, várias barracas de comidas tipicas, Habbis e Lojas Americanas.

Endereço: Av. Nazaré, 1300
Horário de funcionamento:

thah-de-pavulagem-pokemongo4

– Bosque Rodrigues Alves
Assim como o Museu é um lugar fechado, seguro e com oportunidade de estar em contato com a natureza. Lá encontramos quatro Pokestops e muitos Pokémons. A entrada  custa R$2, sendo gratuito para crianças de até 6 anos e crianças de 7 anos a 12 anos pagam R$1.

Dentro e fora também temos lugares para comprar lanche e água. Não tem estacionamento. Bem em frente tem a torre da RBA que é um ginásio.

Endereço: Avenida Almirante Barroso, Nº 2305 (entre as Travessas Perebebuí e Travessa Lomas Valentina)
Horário de funcionamento: terça a domingo 8h às 17h.

– Praça da República:
Não é um lugar fechado, porém é uma excelente opção para o domingo! Com sete pokestops e dois ginásios, vamos aproveitar! Perto temos uma lojas americanas, dois carrinhos de sanduíche e no domingo muitas barracas de lanche.

Endereço: Av. Pres. Vargas, 814
Horário de funcionamento: aberto 24h

– Praça Batista Campos:
Também não é um lugar fechado, mas é uma excelente opção para jogar! Com cinto pokestop e um ginásio, só falta a água de coco! Lembrando que por perto tem supermercado, Cairú e Bobs para o lanche daqueles que ficarem por tempo por lá.

Endereço: Tv Padre Eutiquio, S/N
Horário de funcionamento: aberto 24h

thah-de-pavulagem-pokemongo1

– Mercado de São Brás
O lugar é aberto 24h e policiado. Não tem muita coisa a se fazer por lá, mas tem quatro Pokestops. Se estiver de passada por lá não custa aproveitar e reabastecer. Duas pela Almirante Barroso e duas pela José Bonifácio.

thah-de-pavulagem-pokemongo2-

– Rodoviária
Um pouco depois do Mercado, temos na Rodoviária com mais uma Pokestop. Lugar aberto, com policiamento. Entrada grátis.

Endereço: Praça do Operário, s/n
Horário de funcionamento: aberto 24h

– Praça da Leitura
Ela fica em frente a Rodoviária e temos duas Pokestops e um ginásio. Aberta 24h.

thah-de-pavulagem-pokemongo10

– Universidade Federal do Pará – UFPA
Juro que não consigo entender como os alunos conseguem estudar por lá depois que vi como está a UFPA de Pokestop e ginásio. Esse com certeza é um excelente lugar para jogar.

Com 14 Pokestops e 3 ginásios, a UFPA dispara em ser o melhor lugar para jogar aqui em Belém. Não precisa pagar entrada e de quebra encontramos a venda deliciosos completos, cachorro-hot e água a vontade huuuum.

Jogo Pokémon Go e tento desmistificar muitas falas contrárias a ele. Gosto muito dos pontos turísticos da minha cidade e como usuária posso dizer que nunca vi eles tão lotados. Cansei de ir ao Museu no final de semana e não ter ninguém.

Não, as pessoas não vão para lá somente para ficar no celular. Elas vibram, ajudam umas as outras, dão dicas, fazem amizades e reveem as antigas também. Seu filho está jogando ou quer jogar? Faça disso um motivo de aproximação entre vocês.

O jogo faz com que as pessoas brinquem, se estimulem, façam amizades, conheçam lugares novos, andem, peguem Sol. Sinceramente não vejo como algo ruim. Precisamos entender que quem faz o jogo ser bom ou ruim somos nós.

Gostaram das dicas? Compartilhem com seus amigos!

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM

Quadros divertidos: montando meu Home Office

O suspense acabou, enfim! Já dei muitas pistas sobre o que estou aprontando e lá vai o primeiro post sobre o meu tão sonhado Home Office/ mesa de estudo/ mesa do computador! Quem não gosta de decoração? E de quadros divertidos?

thah-de-pavulagem-quadros-divertidos

Quando resolvi fazer o Home Office fui em busca de imagens para me inspirar na decoração e em praticamente todas tinha quadro na parede, na mesa, enfim. Eu já tenho quadro aqui no meu quarto justamente no lugar que irá ficar o home office e tem post aqui no blog sobre faça você mesmo quadros personalizados. Dessa vez, porém, eu queria algo com mais cara de profissional.

Fui atrás de quadros em várias lojas online e aqui em Belém, mas achei pesado dar R$50 reais no minimo em um quadro. Sem contar que as artes nerds são mais voltadas pro público masculino e isso me frustrou. Então, já que sei um pouquinho de Photoshop resolvi tentar fazer eu mesma!

 A ideia era elaborar uma arte que ainda não existisse, que mostrasse o poder feminino, que tivesse uma pegada paraense e fosse mais cor de rosa. Muito difícil, mas fiquei muito feliz com o resultado. Todos estão bem fofos!

Fui montando aos poucos e quando eu tinha algumas artes do jeito que eu queria fui até um laboratório fotográfico. Mandei revelar do tamanho que eu queria (18cm x 18cm) e como não existe esse tamanho de foto mandei revelar em foto tamanho 20cm x 25cm com a arte no tamanho 18cm  x 18cm que custou R$4 reais cada. Muito em conta e eles mesmo cortaram no tamanho que eu queria!

Os quadros reaproveitei, mas custaram 7 reais cada. Comprei na Belém Importados 2 anos atrás, mas dá pra encontrar em casas de importados bem em conta. Quadro por 11 reais? AMEI!

Gostei tanto, mas tanto que resolvi deixar as artes para download para vocês! Espero que gostem e caso usem, mandem as fotos pra inspirar mais pessoas! Vamos adorar ver!

thahdepavulagem-pastaDownload

Gostaram?

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM

WordPress.org e WordPress.com: qual a diferença?

Se tu não sabias que existia essa diferença, acredite que eu também não! Fui saber quando decidi que mudaria o blog da plataforma Blogger pro WordPress que também tem post no blog. Hoje, porém, falaremos sobre a diferença entre WordPress.org e WordPress.com .

wordpress

Eu conhecia o WordPress.com que por sinal eu tinha conta há alguns anos por lá, mas achava diferente do que via algumas blogueiras comentando e fui pesquisar. Assim, achei o WordPress.org e a dúvida entre qual dos utilizar foi grande. Então, vamos as diferenças entre eles:

O WordPress.com é uma plataforma grátis como o Blogger, porém tem como pagar por planos e assim conseguir profissionalizar o blog colocando, por exemplo, um domínio e mudando o layout para um personalizado.  Muito fácil de usar como o blogger, porém é limitado e caro.

Ele oferece o plano ‘free’ que como o próprio nome já diz é grátis, mas em compensação não pode usar um domínio próprio e nem pode ter layout personalizado; o plano ‘pessoal’ em que pagas $5.99 por mês para poder ter um domínio próprio; plano ‘premium’ que custa $8.25 por mês para ter seu próprio domínio, opções de personalização, monetização fácil com o WordAds e espaço para áudio e vídeo e o plano ‘negócios’ que custa $24.92 por mês e oferece todos os recursos do plano Premium, além de suporte por chat ao vivo e acesso ilimitado aos temas premium.

O WordPress.org é o site de desenvolvimento do WordPress que você precisa pagar uma hospedagem onde quiser para ter acesso ao HTML, CSS, plugins, idiomas, etc e pagar também um domínio próprio. Sim, ele é bem mais complicado do que o WordPress.com e o blogger e também não é barato de iniciar e manter. Entretanto, temos o controle completo do blog.

O Thah de Pavulagem está no WordPress.org e comprei a hospedagem e o domínio no Hostgator. Não me arrependi da escolha e além de tudo eles tem a opção de pagar o plano trienal (desconto). Pra completar é uma empresa brasileira!

A instalação do Wordspress.org consegui fazer sozinha, comprar o domínio e pagar a hospedagem também, porém não consegui fazer o layout e acho super complicado de editar, tanto que até evito. Então, contratei uma profissional para isso e todas informações estão neste post AQUI.

Sei que mesmo explicando é um pouco complicado de entender, mas caso tenha alguma dúvida deixe nos comentários que responderei com muito carinho.

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM

Tailored to Tease – MAC Cosmetics

Vocês já estão cansadas de saber que eu amo batom liquido e que eu não canso de comprar outros para testar. Este foi o último que comprei e lutei muito pra não comprar afinal já tenho tantos! Até que vi uma foto do batom Tailored to Tease no Instagram e não aguentei.

thah-de-pavulagem-tailored-to-tease

A embalagem é muito resistente! Além disso muito bonita e por ser transparente mostra a cor real do batom, o que facilita muito na hora de escolher um batom pra usar, né? Quem tem mais do que 20 batons sabe como é!

Um ponto muito estranho pra mim foi o pincel. Achava que eu não iria me adaptar, pois ele parece uma pá. Largo de um lado e mais fino de outro. Porém, foi puro amor!

O lado mais fino é ótimo para contornar os lábios e o mais largo é ótimo para preencher. Ou seja, em um piscar de olhos o batom está perfeito nos lábios não necessitando corrigir com o cotonete e corretivo. De primeira eu acertei passar o batom!

thah-de-pavulagem-mac-matte2

Quanto ao cheiro a MAC tentou usar o cheiro característico dos batons em bala, mas na minha opinião tá bem mais leve. O que me agradou muito. Só sente se cheirar mesmo o batom.

Quanto a cor achei sim bem parecida com o já muito conhecido e amado Flat Out Fabulous também da MAC. E pra matar a curiosidade claro que bati uma foto comparativa entre eles pra vocês. Se restava dúvidas, eles são sim o mesmo batom.

O batom em si é super pigmentado e desliza nos lábios! Sabe aquele incomodo que dá quando a gente coloca alguns batons líquidos que a boca repuxa? Ele não faz! Pelo contrário, deixa super macia.

Outro ponto positivo é que ele não transfere! Um dos testes foi em um jantar. Beijei o namorado, não transferiu e consegui tirar com o papel antes de comer sem manchar os lábios e ao redor.

O lado negativo? O preço! Achei um pouco salgado dar R$89. Porém, por todos os lados positivos já citados neste post acredito que tenho valido a pena.

Gostaram? Já compraram algum dos batons líquidos Retro Matte Liquid Lipcolour da MAC? Me contem o que acharam.

Beijos,

Thálita Montenegro é formada em licenciatura plena em pedagogia, pós-graduada em Educação Especial e professora. Criou o blog Thah de Pavulagem em 2011 por amar escrever e compartilhar suas experiências. Paraense, 27 anos, sagitariana, louca por livros, academia e tudo do universo feminino

VEJA TAMBÉM